sexta-feira, 22 de abril de 2011

http://www.ecoagencia.com.br/index.php?open=noticias&id=VZlSXRVVONlYHZFVjZkVhN2aKVVVB1TP

Uma carta com as reivindicações dos indígenas brasileiros foi entregue à presidenta Dilma Rousseff e ao ministro da Justiça na última reunião da Comissão Nacional de Política Indigenista (CNPI).

Por Camila Queiroz - Adital

Na América Latina, o Dia do Índio (19 de abril), comemorado desde 1940 por decisão do Primeiro Congresso Indigenista Interamericano, será marcado por muitas mobilizações. Os indígenas aproveitarão a data para destacar a riqueza de suas culturas e denunciar os problemas que enfrentam. No Brasil, a Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib) realiza, desde o dia 17 até o dia 20, o Fórum Nacional de Lideranças Indígenas (FNLI), reunindo organizações de todo o país. A ideia é voltar o olhar sobre o movimento indígena, debatendo as principais demandas, perspectivas e estratégias.

Uma carta com as reivindicações dos indígenas brasileiros foi entregue à presidenta Dilma Rousseff e ao ministro da Justiça na última reunião da Comissão Nacional de Política Indigenista (CNPI). Eles exigem demarcação e desintrusão de terras e criticam a criminalização de lideranças indígenas. Na Bolívia, organizações originárias indígenas e campesinas organizam as Jornadas Audiovisuais e Fóruns Públicos com a temática Afirmando a Diversidade Construímos uma nova Bolívia com Participação e Equidade, entre os dias 18 e 20. Os eventos ocorrerão na cidade de Santa Cruz.

A intenção é sensibilizar moradores urbanos sobre a realidade dos povos indígenas. Nas Jornadas Audiovisuais, diversos gêneros serão apresentados, como documentário, reportagem e ficção, tendo como foco a cultura indígena. Os Fóruns Públicos pretendem ampliar o diálogo entre povos e sociedade em geral.

Na Argentina, as atividades seguem bem animadas e valorizando a cultura dos povos. Durante o XXXV Abril Cultural Salteño, as bandas Sumaimaná, Huayra Callpa e Sikuris La Tintínica vão apresentar Arpay (um espetáculo musical bem elaborado) amanhã, na sala Maior do Teatro Provincial de Salta. A entrada é gratuita é o endereço é Avenida Zuviría, número 70. Ainda na província de Salta, na cidade de Tartagal, terá início amanhã a Semana dos Povos Originários, com várias atividades, estendendo-se até o dia 23. O objetivo é discutir os direitos sociais dos povos. Haverá mostra artesanal, artística e cultural, no Centro Cultural América. Amanhã, os indígenas realizarão um ato na Praça 9 de Julho, em frente ao Cabildo Histórico.

Na província de Mendoza, na cidade de Madre Tierra, haverá uma oficina sobre costumes das comunidades indígenas e outra de percussão, no dia 21, promovidas pela Associação do Encontro Indígena. As artistas María Isabel Tolosa e Delia Chávez farão uma apresentação musical. A participação é gratuita. Também em Mendoza, haverá, amanhã, a apresentação do projeto educativo Huarpes em sua própria voz, que busca dar a conhecer a cultura desta etnia. Serão lançadas três cartilhas educativas destinadas a crianças das escolas da província, além de um material audiovisual. O evento ocorrerá a partir das dez horas, no Salão Patrícias Mendocinas, no Corpo Central da Casa de Governo.

Adital/EcoAgência

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial