domingo, 15 de abril de 2012

União Ibérica

A União Ibérica foi uma dinastia que reinou em Portugal, por falta de herdeiro português direto, sendo a União Ibérica compreendida como uma união pessoal familiar entre Portugal e Espanha. O Rei de Portugal era o Rei de Espanha.
Também referida como Dinastia Filipina, fora reinada por três reis: Filipe I de Portugal, simultâneamente, II de Espanha (1580 – 1598) ; Filipe II de Portugal, também III de Espanha (1598-1621); e Filipe III de Portugal, IV na Espanha (1621-1630).

O rei Sebastião de Portugal falecera na batalha de Alcácer-Quibir e não deixou descendentes. Havia três possibilidades, passar a coroa para Catarina de Portugal, seu filho adolescente Teodósio, ou o neto ilegítimo Antônio Prior do Crato.

Em 1581, o trono foi passado para Filipe de Espanha, gerando temor entre os portugueses, e a revolução liderada por Antônio Prior do Crato, que conseguiu reinar de 1580 a 1583 na Ilha Terceira nos Açores.

Filipe de Espanha conseguiu vencer a resistência de Crato com a ajuda da nobreza e da burguesia, prometendo respeitar os foros e privilégios portugueses. A União Ibérica, ao unir as posses portuguesas e espanholas, significou no maior império de toda a história.

O período de reinado de Filipe I e Filipe II foram pacíficos. Em 1630, Filipe III enfrentou o descontentamento da população e as guerras como a contra os Países Baixos, conhecida como Guerra dos Oitenta Anos.

Fontes:

Marcadores:

1 Comentários:

Blogger Profª Rosi disse...

Para o meu 2º ano de História. Prof[ Rosí.

30 de abril de 2012 09:17  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial