sábado, 13 de novembro de 2010

História de Guarapuava.-Paraná.

Panorâmica de Guarapuava (2005)Brasão de GuarapuavaBrasão Bandeira de Guarapuava

Descoberta em 1770 pelos portugueses e fundada em 1810, o nome da cidade é de origem Tupi - Guara (lobo), Puava (bravo). O municípiotem como data comemorativa de aniversário o dia de 9 de dezembro, devido ao início da colonização entre o Rio Coutinho e o Rio Jordão na freguesia de Nossa Senhora de Belém em 1819, com a demarcação da povoação e da igreja.

Este local foi escolhido para início da colonização porque naquela época se tinha uma predileção em aproveitar-se dos campos, com horizontes amplos, que através desta característica natural, oferecia facilidade de defesa contra os índios.

Os primeiros povoados iniciaram-se nas proximidades de Jaguariaíva, Piraí, Furnas, Castro, Pouso do Iapó e Ponta Grossa. Cidades formadas ao longo do extenso caminho sul, até chegarem nas proximidades da região em que se situa hoje o Município de Guarapuava.

Seu núcleo urbano teve como personagem importante em sua fase inicial o Padre Francisco das Chagas Lima, que procurou iniciar a ocupação, baseado em alguns critérios de estética, procurando observar as prescrições contidas na carta régia de 1 de abril de 1809, doConde Linhares, que já determinava os padrões a serem seguidos pelas edificações a serem construídas. Como ponto gerador do núcleo cita-se a Catedral de Nossa Senhora de Belém, localizada no alto da Bacia do Rio Cascavel, que era um ponto referencial importante para a sociedade da época. O primeiro prefeito de Guarapuava foi o Coronel Pedro Lustosa de Siqueira.

No ano de 1852, no dia 17 de julho, o povoado Nossa Senhora de Belém, foi elevado à categoria de Vila. Em 2 de maio de 1859 foi criada acomarca de Guarapuava, sendo José Antônio Araújo de Vasconcelos o seu primeiro juiz de direito. A Vila Nossa Senhora de Belém recebeu foros de cidade no dia 12 de abril de 1871, pela lei nº 271. Sendo desmembrada do município de Castro.

Fatos históricos por data

1770 - Descobrimento

1810 - Inicio da colonização

1812 - Captura do índio Pahy

1818 - Criação da freguesia de Guarapuava

1849 - Criação da Vila Nossa Sra. de Belém de Guarapuava

1850 - A vila foi extinta

1852 - A vila foi restaurada

1859 - Criação da Comarca de Guarapuava

1871 - Guarapuava foi elevada à cidade, desmembrando-se de Castro

2001 - Guarapuava é formada pelo distrito sede de mesmo nome, Entre Rios, Guará, Guairacá e Palmerinha.

Localização

O município está localizada a 25°23'36" longitude sul e 51°27'19" longitude leste, região denominada centro-oeste do estado do Paraná, no quarto planalto, também chamado de Planalto de Guarapuava. Limita-se ao norte com os municípios de Campina do Simão e Turvo, ao sul com o município de Pinhão e quentão, à leste com Prudentópolis e Luiz Inácio Martins da Silva, e a oeste com Candói, Cantagalinha eGoioxim.

  • Superfície: 3125,852 km²;
  • Superfície Antiga: 175 000,000 km²;
  • Altitude: 1120 m;
  • Distância da capital Curitiba: 247 km;
  • Distância do porto de Paranaguá: 361 km;
  • Distância da tríplice fronteira em Foz do Iguaçu: 389 km;

Área

Guarapuava representa:

29,4% de sua Microrregião

111,83% de sua Mesorregião

12,56% do Paraná

33,36% do Brasil

Área por Períodos:

1997 (atual): 4.125.852 km²

1992: 5.575.253 km²

1990: 8.874.019 km²

1980: 9.825.924 km²

1970: 10.825.924 km²

1960: 11.796.229 km²

1810: 175.000.000 km²

Curiosidade: O município de Guarapuava já foi um dos maiores do Brasil em extensão territorial, ocupando mais da metade de todo o estado do Paraná a partir da região central até o oeste do Estado e também todo oeste de Santa Catarina; Fazendo fronteira com o Paraguai, pelas barrancas do rio Paraná, com a Argentina, pelo rio Iguaçu, e divisa com o Rio Grande do Sul, pelo território do oeste Catarinense.

Hidrografia

Guarapuava faz parte de três bacias hidrográficas do Rio Paraná, a do Rio Piquiri, a do Rio Iguaçu, e a do Rio Ivaí.

Os principais rios da cidade são o rio Jordão, e os rios Cascavelzinho, Girassol, Coutinho, Banana, Pinhão, Cavernoso e São João (Nascente principal do Ivaí, junto com o Rio dos Patos]]

[editar]Relevo

Guarapuava está localizada quase totalmente no Terceiro Planalto Paranaense, e possui pequenas áreas no Segundo Planalto Paranaense. Dentro da cidade a altitude vária de 1.030 metros acima do nível do mar, próximo ao aeroporto, a até 1.130 metros no Morro Alto. Já na parte rural da cidade as altitudes variam de 850 metros na divisa com Prudentopólis, e 1.300 metros na divisa com Pinhão.

Tais desníveis são ideais para a formação de grandes cachoeiras, como o Salto São Francisco, com 196m de altitude.

Guarapuava é uma das cidades mais frias do Paraná. Graças a sua altitude de mais de 1000m a média das máximas em Janeiro é apenas 26,9°C. Já no mês mais frio, Julho, a média das mínimas é 8,5°C. A média anual é aproximadamente 16°C.
O clima Cfb, mesotérmico sempre úmido, garante chuvas constantes e bem distribuídas ao longo do ano, somando quase 2000mm anuais.

Clima Subtropical Úmido Mesotérmico, verões frescos (temperatura média inferior a 22°C), invernos com ocorrências de geadas severas e frequentes (temperatura média superior a 3°C e inferior a 18°C), não apresentando estação seca.

Inverno

A altitude, que varia entre 1000m e 1200m, combinada com a latitude de 25º garante um clima ameno para Guarapuava a maior parte do ano. Entretanto no inverno podem ocorrer dias muito frios, a temperatura pode cair abaixo do ponto de congelamento, muitas vezes com geada e até mesmo neve, o que garante à cidade a condição de uma das cidades mais frias do Brasil. O outono e o inverno são marcados por frio e seca.

Obs: Neste mesmo mês (julho/1975), segundo o INMET, a temperatura chegou a -3,8°C no dia 6, -4,0°C no dia 7, -4,2°C no dia 17, -6,0°C no dia 19 e -1,2°C no dia 20. A temperatura mínima média neste mês ficou em apenas 3,1°C.

Registros de neve na cidade são comuns, com ocorrências de intensas precipitações em determinados anos.

Neve em Guarapuava (1950 - 2000), segundo o INMET:

Verão

O verão é ameno, sendo comum a temperatura ficar abaixo dos 15°C, com excepcionais registros de até 6,8°C em dezembro de 1982 e 7,8°C em fevereiro de 1990. Mas como é característica do verão em boa parte do país, a temperatura também pode passar dos 30°C No verão as chuvas são formadas principalmente pelo calor associado a umidade, com temporais de fim de tarde, por vezes junto às frentes frias.

Recordes de Temperatura

MÁXIMA ABSOLUTA - 33,6°C, fevereiro de 1984.

MÍNIMA ABSOLUTA - -10,0°C, 18 de Julho de 1975.

População

A população em Guarapuava se mantém estável desde a década de 90.

População:Censo:Crescimento:
Censo 1991159.634#
Censo 1996155.331-2,7%
Censo 2000155.161-0,11%
Censo 2007164.567+6,06%
Censo 2010166.195+0,99%

Composição da População

Gênero
Gênero:População:Porcentagem:
Masculino79.89748,54%
Feminino83.42151,46%
Total164.567100%

2007 - IBGE

Etnia
Etnia/Raça:Porcentagem:
Branca79,61%
Parda18,87%
Negra1,02%
Índigena0,36%
OrientalMenor que 0,1%

IBGE, 2000

Analfabetismo
Faixa Etária:Analfabetismo:
De 15 a 19 anos2%
De 20 a 24 anos3,2%
De 25 a 29 anos4,3%
De 30 a 39 anos5,6%
De 40 a 49 anos9,8%
De 50 ou mais22,5%
Total8,7%

IBGE, 2000

Faixa Etária
Faixa Etária:Homens:Mulheres:Total:Porcentagem:
Menor que 1 ano1.2441.2582.5021,52%
De 1 a 4 anos5.5665.24910.8156,57%
De 5 a 9 anos7.9957.79415.7899,59%
De 10 a 148.3648.07316.4379,98%
De 15 a 19 anos7.7937.66715.4609,39%
De 20 a 24 anos6.9477.29814.2458,65%
De 25 a 296.8486.95013.7988,37%
De 30 a 346.0706.48912.5597,63%
De 35 a 39 anos5.9716.49512.4667,57%
De 40 a 44 anos5.4716.19411.6657,08%
De 45 a 49 ou mais4.5725.1109.6825,88%
De 50 a 54 anos3.7564.1607.9164,81%
De 55 a 59 anos2.9203.2086.1283,72%
De 60 a 64 anos2.3012.5264.8272,93%
De 65 a 69 anos1.5741.8833.4572,1%
De 70 a 74 anos1.1621.2692.4311,47%
De 75 a 79 anos7509271.6671,01%
Maior que 80 anos5668621.4280,86%

Imigração e Colonização de Guarapuava

Guarapuava é conhecida pela diversidade étnica. Em Guarapuava há o único quilombo paranaense, além de imigrantes portugueses e espanhóis (tropeiros), italianos, poloneses, alemães, sérvios, croatas, ucranianos, e ainda há uma reserva indígena.
Portugueses

Muitos nobres portugueses vieram para Guarapuava no início de sua fundação, por Dom João VI, principalmente dos estados de São Paulo eRio de Janeiro.

Tropeiros

As primeiras famílias de Guarapuava foram formadas e influenciadas, em grande parte, por tropeiros oriundos de Minas Gerais, São Pauloe Rio Grande do Sul que usavam a cidade como rota e chegaram na região já nos primórdios de sua colonização. Os tropeiros eram descendentes, em sua maioria, de Europeus Ibéricos (portugueses e hispânicos).

Africanos

Muitos africanos foram trazidos para trabalhar nas fazendas da região, e fundaram o único quilombo do Paraná, o Paiol das Telhas, no distrito de Entre Rios.

Indígenas

Guarapuava era a sede da tribo Guarani, que se estendia pelo Paraná, Santa Catarina, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Paraguai e Argentina. Um grande líder guarani foi o Cacique Guairacá, que intimidou o explorador espanhol Cabeza de Vaca, dizendo a famosa frase "essa terra tem dono". Hoje há uma reserva em Guarapuava, e várias outras na região.

Imigração Suábia

Em meados de 1950 o município se deparou com uma nova onda imigratória, desta vez de famílias que se autodenominavam suábios doDanúbio. Os suábios são um povo de etnia e cultura germânicas que, a partir de 1720, emigraram do sudoeste da Alemanha (hoje estado alemão de Baden-Württemberg) para o sudeste da Europa (ex-Iugoslávia, Romênia e Hungria). Durante e no final da Segunda Guerra, os suábios do Danúbio fugiram para a Áustria, onde passaram vários anos em abrigos para refugiados. Com intuito de recomeçar, se deslocaram a Guarapuava e fundaram diversas colônias na região onde hoje se encontra o distrito de Entre Rios. A população do distrito conserva até hoje a cultura e a tradição alemã, sendo que o local, por sua aparência arquitetônica, se assemelha muito com regiões rurais da Alemanha. As primeiras famílias foram também fundadoras da Cooperativa Agrária Mista Entre Rios, considerada uma das maiores cooperativas agropecuárias do Paraná. O Distrito de Entre Rios é considerado um dos maiores do Brasil com aproximadamente 10 mil habitantes nas colônias Vitória, Socorro, Samambaia, Cachoeira e Jordãozinho.

Imigração Polonesa e Ucraniana

Poucas famílias vieram diretamente a Guarapuava no início do século XX, mas muitas famílias vieram de Irati e Prudentópolis para trabalhar nas serrarias e fábricas de papel, nas décadas 70 e 80.

Imigração Italiana

Da mesma forma que a polonesa e ucraniana, os italianos, em sua maioria, chegaram para trabalhar em Guarapuava nas décadas de 70 e 80.

Imigração Libanesa

Muitos libaneses vieram na metade do século XX, construíram a mesquita de Guarapuava, e dedicaram-se ao comércio.

Outras Imigrações

Guarapuava possui muitos povos e etnias, entre elas há etnias muito pequenas na cidade, como Argentinos, Americanos, Franceses, Africanos, entre outros, que vieram na última década, vieram como missionários religiosos, professores, estudantes.


Subdivisões do Município de Guarapuava

De acordo com o IBGE, o Município de Guarapuava é divido em 5 distritos que são:

  • Guarapuava
  • Entre Rios
  • Guairacá
  • Guará
  • Palmeirinha

Guarapuava possui 22 bairros e 158 vilas. Dispostos de acordo com o bairro e suas respectivas vilas:

Batel

Vila Pequena, Newton Agibert, Vila Sekula, Jd. Dona Maria e Anexo Jd. Dona Maria.

Santa Cruz

Jd. Adolpho Lanzini, Vila Broline, Vila Guaíra, Vila Euralina, Sta Cruz, Municipal Vila Rita, Vila Luiza, Jd. das Flores.

Santana

São Miguel, São Jorge, Anexo ao São Jorge, Sol Nascente, Hamilton Prestes, Higienópolis, Vila São Francisco, Melo Fontoura, Vila Santana, Vila Rica, Presidente Kennedy, Núcleo H. São Miguel, Núcleo H. Rocha Loures e Wilson Luiz Silvério Martins.

Boqueirão

Jd. Karem Christine, Jardim Carvalho, Boqueirão, Tancredo Neves, Vila Concórdia, Municipal Concórdia II, Municipal Concórdia III, Jd. Floresta, Jd. Social, N.S. do Belém, Lange, Wrege, Municipal Anexo ao Lange, São José, N.H. Sta Cruz, Lagoa Dourada, São Marcos, Flávio Alves, Alcindo Cardoso Teixeira, Vila São Pedro, Mansueto, Vila Dona Ana, Vila Mirim, Anexo a Vila Iensen, Dona Érica Iensen, Vila Iensen, Continental.

Vila Bela

Anexo Zagonel, Jd. Pinheirinho, Vila Bela, Jd. Brasília, Municipal Anexo ao Jd. Brasília, Mun. Anexo Vila Planalto, Vila Planalto, Jd. Veneza, Jd. Veneza II.

Cascavel

Cascavel, Vila São Vicente, Jd. Novo Horizonte.

Alto Cascavel

Vila Colibri e Industrial Alto Cascavel.

Jardim das Américas

Aeroporto, N.Sra. de Fátima, Jd. Sta Mônica, N.Sra. de Belém, Jd. Renata, Jd. Juliane, Jd. das Américas, Sta. Terezinha, Munic. Anexo a Coamig, Jd. das Américas.

São Cristóvão

Vila Planalto Verde, Municipal Conradinho, Núcleo São Cristóvão I e II, Núcleo Cristo Rei, Núcleo Recanto Feliz, Jd. Los Angeles, Vila São Manoel, Vila Karen, Mauro Monteiro, Jd. Cristine, Jd. Nova Esperança, Jd. Moriá.

Alto da XV

Vila Palermo, Jd. Cupertinópolis, Anexo ao Jd. Cupertinópolis, Edgar Arruda, Vila Sta Rita.

Morro Alto

Jardim Dona Iaiá, N.H. João Paulo II, Dona Emília, C.R. dos Bancários, Vila José de Mattos Leão, Renilda Rocco, Jd. Irajá, Municipal Abílio Jorge, Imóvel Passo Salgado, Leone Teixeira, Santa Matilde, João Pedro da Silva, Santa Matilde, Vila Guaicici, Jd. Atalaia, Jd. Araucária II, Jd. Araucária, N.H. Daniel Mansene, Vila Califórnia, Vila David.

Imóvel Morro Alto

Residencial 2000

Bonsucesso

Pe. Chagas, Vila Rebouças, Bonsucesso, Dona Laura, Jd.Dona Mary, Vila Maria, Radial Norte, Anexo ao Radial Norte, Jd. Bom Pastor, Magnópolis, Santisi, Brasílio Ribas.

Bairro dos Estados

N.H. Papa João XXIII, Jd. Village, Jd. Sinhá, Jd. Ouro Verde, Karpinski, Vila Sta Rita.

Vila Carli

Vila Jardim, Vila Carli, Paz e Bem, Jd. Sta Inês, N.H. São Cristovão, Vila Paraná, Dona Ângela.

Conradinho

Jd. Capanema, Vila Tupinanmbá, Parque das Árvores, Vila Bom Jardim, Jd. Viena, Vila São José.

Primavera

Jd. Bandeirantes, Vila Primavera, Lino Queiroz, Vila Feroz.

Trianon

Jd. Trianon, Jd. Flórida, Jd. Peróla do Oeste, São Bom Jesus, Jd. Vera Cruz.

Industrial

Nucleo boa vista, Sol poente, Vila Feroz 2, Jardim europa, Colégio Agricola, Xarquinho, Invasão.

Distritos

O Distrito de Entre Rios é conhecido pela Imigração Suábia, pela excelente qualidade de vida e, pela Cooperativa Agrária, a quinta maior cooperativa agrícola do país, que representa um quarto de toda arrecadação do Município, possuindo aproximadamente 1000 funcionários. O Distrito é formado pelas colônias:

Cachoeira

O Distrito do Guairacá é conhecido pelo Salto São Francisco, a maior queda d'água do Sul do Brasil, com 196 metros.

O Distrito da Palmerinha é conhecido pela proximidade com Guarapuava e, pela Unidade de Criação da Agrogen.

O Distrito do Guará é conhecido pela extinta produção de maçãs, onde existia uma Unidade da Perdigão, e que hoje foi substituído pelo reflorestamento.

Marcadores:

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Início