quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

História do Egito e seu povo.



SALVE Ó NILO, QUE SAIS DA TERRA E CONSERVAS VIVO O EGITO.
As palavras acima constituem a primeira linha de um hino a Hapi, o deus Nilo. Fala das inúmeras dádivas feitas pelo deus à humanidade. Deve ter sido muito popular, pois existem diversos exemplares. Na sua maioria foram escritos por crianças. Os peixes que viviam no Nilo e as aves que habitavam os canaviais ao longo das suas margens constituíam alimentos preciosos. Os pescadores trabalhavam em grupos, com suas enormes redes, mas os nobres pescavam apenas por esporte, utilizando uma lança. Navegavam em pequenas e frágeis embarcações feitas de feixes de papiro atados.
Cenas pintadas nos túmulos mostram-nos como os passarinheiros escondiam as redes entre os canaviais, atraindo os pássaros imprudentes com iscas. Depois de terem atraído um número suficiente de pássaros, os homens puxavam as cordas e a rede encerrava as aves.




Os nobres caçavam aves aquáticas, por esporte, atirando –lhes paus para as fazer cair e usavam um gato amestrado para ir busca-lo.

Nem todas as criaturas de Hapi eram simpáticas ou uteis. Os crocodilos e os hipopótamos tornavam o rio perigoso.

Os caules de papiro eram utilizados para fazer esteiras, cestos, mobiliário, sandálias, papel, barcos e teto de casas.

Marcadores:

1 Comentários:

Blogger Profª Rosi disse...

Quando passar pelo meu blog deixe seu recado. Grande abraç.o

2 de dezembro de 2011 04:28  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial