domingo, 27 de março de 2016

Imperialismo britânico e francês


"Deus deve amar os homens medíocres, pois fez vários deles."

Abraham Lincoln


Imperialismo


Diferenças entre Colonialismo e Imperialismo

Colonialismo: as grandes potências européias no séc. XV e XVI eram portuguesa e espanhola, a política econômica era o mercantilismo: Pacto Colonial e o Eixo colonizador da América.



Imperialismo: as grandes potências européias a partir da 2ª metade do séc. XIX eram a francesa e inglesa, a política era o liberalismo econômico: Revolução Industrial e os Eixos colonizadores na Ásia e África. Tudo isso se concretizaria de fato com a Conferência de Berlim em 1855.





Dominações Inglesa e Francesa na Ásia e África.

Inglesa: África e Índia

►A Companhia Inglesa das Índias Orientais foi fundada em 1600 e iniciou, desde 1757, a colonização de partes da Índia, aproximadamente em 1858, após derrotar uma confederação sique no Panjabe em 1849, a coroa britânica assumira o controle político de virtualmente todo o subcontinente. Tropas indianas no exército britânico desempenhariam um papel vital em ambas as guerras mundiais. A resistência não-violenta ao colonialismo britânico, chefiada por Mahatma Gandhi, Vallabhbhai Patel e Jawaharlal Nehru, levou à independência frente ao Reino Unido em 1947. A Inglaterra passou a negociar na Índia diretamente com os governos locais: Marajão, enfraquecendo o governo central e a economia local, provocando a Revolta Nacionalista dos Cipáios, que foi vencida pelos ingleses.



Inglesa: Ásia e China


► A Inglaterra comprava em larga escala o chá da China mas não tinha produtos para vender na mesma proporção passando a industrializar o ópio, provocando a Guerra do Ópio, que foi vencida pelos ingleses e que impuseram a China o Tratado de Nanquim, exigindo a abertura de 5 portos chineses e o domínio da ilha de Hong Kong por 100 anos.


Inglesa: África

► A Inglaterra dominou o continente africano inicialmente pelas regiões do Egito e África do Sul através da Conferência de Berlim (1884-1885) que legitimaria a anexação de todos os territórios ao longo desse corredor africano: Egito, Sudão, Quénia, Rodésia, Transvaal, etc.


Francesa: Ásia

► A maior dominação do continente asiático foi na Península da Indochina – Vietnã. Na segunda metade do século XIX, o Sudeste asiático foi reduzido à condição de colônia francesa; em 1859 após 57 anos de lutas a França conseguiu dominar as cidades de Saigon e Tourane. Pouco tempo depois valendo-se da rivalidade entre os governos do Camboja e do Sião o império colonialista francês converteu o Camboja em seu protetorado (1863).
Com o avanço das fronteiras coloniais francesas para o oeste, a Inglaterra impôs sua autoridade à Birmânia (1886).


Francesa: África

► As maiores dominações do continente africano foram em Marrocos, Argélia, Camarões, Congo e Senegal. A ocupação francesa na África ocorreu inicialmente no Senegal onde seriam os primeiros a estabelecerem seus entrepostos em 1624, sendo que não formaram verdadeiras colônias até ao século XIX, limitando-se a traficar escravos para as suas colonias das Caraíbas. No Oceano Índico, os franceses colonizaram a ilha Reunião em 1664, a ilha Maurícia em 1718 as ilhas Seychelles em 1756. Durante o reinado de Napoleão o Egito foi também conquistado por um breve período, mas a dominação francesa nunca se estendeu para além da área imediatamente à volta do Nilo. O verdadeiro interesse da França por África manifestou-se em 1830 com a invasão da Argélia e o estabelecimento de um protetorado na Tunísia em 1881. Entretanto, expandiram-se para o interior e para sul formando em 1880 a colonia do Sudão francês, atual Mali e nos anos que se seguiram ocupariam grande parte do Norte de África, África ocidental e central. Em 1912, os franceses obrigaram o sultão de Marrocos a assinar o Tratado de Fez, tornando-se outro protetorado.

Agradecimentos: http://ahistoriapresente.blogspot.com.br/2010/06/imperialismo.html



0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial